CoronaVac não foi comprada em 2020 por “incertezas” e medo de “cemitério de vacinas”, afirma ex-secretário do Ministério da Saúde

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

O secretário-executivo do Ministério da Saúde durante a gestão do ex-ministro Eduardo Pazuello, Élcio Franco, disse à CPI da Covid, nesta quarta-feira (09), que, devido a “incertezas” e medo de que a CoronaVac terminasse em um “cemitério de vacinas”, o governo federal não comprou doses do imunizante em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.