Justiça revoga prisão de Eduardo Cunha, mas ex-deputado segue detido em casa por outro processo

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) revogou, nesta quarta-feira (28), a prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha, investigado na Operação Lava-Jato. A decisão é referente à prisão preventiva decretada pela 13ª Vara Federal de Curitiba, em outubro de 2016 na Operação Benin, mas não altera o status dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.