Médico que descobriu o ebola alerta para vírus mortais que ainda estão por vir

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

Kinshasa, República Democrática do Congo – Apresentando os primeiros sintomas de febre hemorrágica, a paciente senta-se calmamente em sua cama, tentando acalmar duas crianças pequenas desesperadas para fugir do quarto de hospital em forma de célula. A cena acontece em Ingende, uma cidade remota na República Democrática do Congo (RDC).

Veja Mais:  Sedentarismo aumenta risco de morrer por coronavírus, aponta estudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.