Pesquisadores canadenses criam impressora 3D que produz pele humana

InfoNews

Cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, desenvolveram uma impressora portátil 3D com capacidade para produzir a pele humana.

Segundo os pesquisadores, a tecnologia permite aplicar camadas de tecido da pele diretamente em pacientes, com o intuito de cobrir ou curar ferimentos.

A impressora é uma alternativa ao enxerto de pele convencional, porém sem a necessidade de remoção da pele saudável de um doador, pois ela desenrola o tecido da pele diretamente nas áreas afetadas.

Navid Hakimi, criador do projeto, disse que o processo de formação da pele em cima do ferimento leva, em média, dois minutos.

Até o momento, a impressora foi testada apenas em ratos e porcos, mas os cientistas acreditam que o equipamento será o primeiro a criar pele diretamente em cima de uma ferida, com a promessa de adaptar tecidos para pacientes específicos.

A impressora, que pesa menos de um quilo e tem o tamanho de uma caixa de sapatos, foi construída por uma equipe liderada pelo estudante de doutorado Navid Hakimi sob a supervisão do professor Axel Guenther.

E parece que a ideia de impressões de pele não é exclusividade do Canadá; pesquisadores da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, também usaram impressoras 3D para colocar o enxerto diretamente na pele de pacientes.

Tecmundo

Veja Mais:  INFONEWS: Instagram e Messenger: integração entre aplicativos chega a todo o Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.