RADIO MAIS TOCADAS BY ARIEL RÁDIO CLÁSSICAS BY ARIEL Programação feita especialmente para você
Conecte-se Conosco

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

Senado discute garantia às mulheres de prestação voluntária do Serviço Militar

Postado

em

O serviço militar aberto às mulheres está em discussão no Congresso Nacional, na forma do Projeto de Lei (PL) do Senado n° 213, de 2015, apresentado pela então senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Há previsão de que o texto seja preciado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) após o feriado de Carnaval. O relator da matéria, Esperidião Amin (PP-SC) votou pela rejeição da mema, com base nos aspectos econômicos e financeiros, uma vez que argumenta que os gastos extrapolariam a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os dados dos militares consideraram um efetivo feminino da ordem de 10% dos recrutas convocados no ano de 2019 (60 mil recrutas). No âmbito do Comando da Marinha, o impacto seria de R$ 23 milhões; no Exército, o impacto seria de R$ 536,76 milhões; e na Aeronáutica, de R$ 21 milhões. Os custos somariam R$ 580,76 milhões para receber 6 mil mulheres. “Fica clara a violação dos art. 16 e 17 da Lei de Responsabilidade Fiscal comprometendo-se com despesas que não possuem respaldo no Plano Plurianual (PPA), Lei Orçamentária Anual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e violando às metas fiscais. O país passa por uma grave situação fiscal”, disse Amin em seu relatório.

Existem divergências em relação à visão do relator. Para o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), por exemplo, os custos informados pelas Forças Armadas são maiores do que se verificaria na prática. “O custo indicado pelo Ministério da Defesa aponta para algo em torno de R$ 100 mil por recruta, o que me parece uma avaliação bastante elevada. Quando ele coloca R$ 581 milhões, são 60 mil recrutas no total, ao ano e 10% disso, 6 mil, em torno de R$100 mil. Está um tanto quanto elevado”.

Alguns senadores pediram vista coletiva. O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), sugeriu alterações no relatório, prevendo o serviço militar feminino até o limite orçamentário. Amin sinalizou acatar a sugestão de Carvalho e afirmou que será favorável ao projeto, apesar do apontamento sobre os custos.

O projeto

A proposta diz que as mulheres podem prestar o serviço militar voluntariamente. Ao contrário dos homens, que devem se apresentar obrigatoriamente ao completarem 18 anos, as mulheres só fariam se quisessem, mas teriam que manifestar interesse de fazê-lo na mesma idade. “O projeto tem o caráter de ação afirmativa e destina-se a assegurar às mulheres a prestação do serviço militar. Com isso, pretendemos dar às mulheres a oportunidade de participarem da realização desse serviço, que tantas lições de cidadania têm prestado aos brasileiros, com acesso igual para todos os gêneros”, disse Grazziotin em seu projeto.

No texto, ela também destacou que as mulheres já vêm desempenhando papéis nas Forças Armadas, com exceção da área de combate. “A mulher ocupa cargo e concorre às promoções nas mesmas condições de igualdade para os militares do sexo masculino. A maioria das oficiais e sargentos encontram-se lotadas nos quartéis-generais, nas organizações militares de saúde, nos estabelecimentos de ensino e nos órgãos de assessoramento”.

O projeto foi aprovado, ainda em 2015, pela Comissão de Direitos Humanos (CDH). Depois seguiu para a Comissão de Relações Exteriores (CRE), mas o projeto ainda não foi votado porque Amin pediu manifestação da CAE. Mesmo que tenha o parecer pela rejeição aprovado na CAE, o projeto volta para a análise terminativa na CRE. Se lá for aprovado e não houver recurso para análise em Plenário, o texto seguirá para a Câmara dos Deputados.

O Projeto de Lei do Senado, nº 213, de 2015, atende ao requisito de juridicidade por ser dotado de abstratividade, coercitividade, generalidade e imperatividade, bem como por inovar o ordenamento jurídico. Também atende ao requisito de técnica legislativa por estar de acordo com as regras da Lei Complementar nº 95, de 26 de fevereiro de 1998, que dispõe sobre a alteração, elaboração, redação e consolidação das leis, em cumprimento ao art. 59 da Constituição Federal.

*Correiodopovo

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

VÍDEO DO DIA: Como descobrir que alguém está mentindo? Cientistas dão as pistas (30-05-2020)

Postado

em

O mentiroso pode até não saber, mas toda vez que conta alguma coisa inventada, seu corpo todo o denuncia. ASSISTA O VÍDEO PARA MAIS

Continue Lendo

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

SpaceX faz primeiro lançamento privado ao espaço

Postado

em

Astronautas da Nasa, Doug Hurley e Bob Behnke partiram para a Estação Espacial Internacional. OUÇA O ÁUDIO PARA MAIS

Continue Lendo

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

Casal de youtubers devolve filho adotado após descobrirem autismo no menino

Postado

em

Internautas acusam vloggers de terem usado a criança como um objeto. OUÇA O ÁUDIO PARA MAIS

Continue Lendo

PARCEIROS: Precisando trocar o computador? Precisando algum periférico? É gamer? Entre aqui

Hospede seu site conosco – Clique aqui

Loja Virtual E-commerce 2020 Pagseguro Paypal Transferência

Aparelhos NIPPONFLEX – Garantindo a qualidade do sono reparador – AGENDE UMA VISITA (54) 9 9136-3402 com Ariel

Vendo apartamento NOVO (SEM USO) em frente ao Shopping Bella Città em Passo Fundo R$ 260.000,00

Escritor Euclides Junges

Escritor Bruno Garmatz

Talvez interesse