Species II – A mutação – 1998 – CRÍTICA DE CINEMA BY ARIEL nº 70

Filmes por Ariel

SINOPSE: Depois de uma viagem a Marte, o astronauta Patrick Ross (Justin Lazard), filho de um importante senador, Judson Ross (James Cromwell), apresenta uma estranha mudança de comportamento, pois ao se prepararem para retornar para Terra, um agente infeccioso, que estava em uma amostra de solo marciano, o infecta com DNA alienígena que o transforma em uma terrível entidade alienígena com o único objetivo de acasalar-se com mulheres humanas que possam lhe dar filhos. Dennis Gamble (Mykelti Williamson) outro astronauta da missão apesar de também infectado, mas não desenvolve a mutação por ser portador de um gene de anemia, tal gene acaba matando o agente infeccioso em seu sangue, posteriormente no filme a Dr. Laura Baker (Marg Helgenberger) descobre que essa é a forma de exterminar o DNA alienígena. Outra astronauta da missão era Anne Sampas (Myriam Cyr) que também foi infectada. Após passar de 10 dias os astronautas estão liberados para terem relações sexuais, período que apenas Ross não respeitou, então Sampas tem relações sexuais com seu marido e acaba desenvolvendo uma criatura híbrida que a mata e mata também seu marido, no entanto Press Lenox (Michael Madsen) e a Dr. Baker que já sabiam que os astronautas haviam sido infectados, chegam a tempo de matar o alienígena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.