Um gaúcho foi preso no Vale do Sinos por latrocínio cometido há mais de 20 anos nos Estados Unidos

Notícias e Comentários do Locutor de Rádio

Após seis meses de investigação, a Polícia Civil prendeu em São Leopoldo (Vale do Sinos) um artista plástico gaúcho de 49 anos, foragido desde a sua condenação – em 2003 – pelo latrocínio de um empresário paraense nos Estados Unidos, em março de 1999. 

Veja Mais:  Ala do Supremo se incomoda com decisão de Barroso e atua para reverter CPI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.