VÍDEO DO DIA: FNM – O melancólico fim de uma gigante (05-01-2020)

Dicas e curiosidades Notícias e Comentários do Locutor de Rádio Vídeos

Em Junho de 1985, enquanto algumas revistas ainda divulgavam coloridos anúncios divulgando as virtudes do “Jacaré” – Veículo anfíbio da Iveco utilizado pelo cientista Jacques Cousteau na Amazônia -, um dos diretores da Fiat Caminhões no Brasil, Camilli Donatti, anunciava no Rio de Janeiro, a paralisação das linhas de montagem da empresa. Reduzidos de cerca de seiscentos para cem, os funcionários da empresa que antes era a poderosa Fiat Diesel, passariam a se dedicar exclusivamente da fabricação de peças para reposição da grande frota Fiat/FNM circulante no Brasil.

OU VEJA AQUI

Marca “FeNeMê” é retomada para caminhões elétricos que serão produzidos em Caxias

OU VEJA AQUI
Veja Mais:  Veja o que muda com os decretos de Bolsonaro sobre armamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.